Documentos RG Digital

Novo RG Digital: Aprenda a solicitar o documento

A carteira de identidade digital é outra novidade para quem espera há muito tempo o anúncio do documento. O novo RG, que já entrou em vigor, consolida o CPF, o título de eleitor e a carteira de trabalho em um único documento, eliminando a necessidade de levar vários documentos quando a situação exigir. Saiba como solicitar o documento.

O novo RG digital é considerado mais seguro, pois permite a validação eletrônica de sua autenticidade via código QR, mesmo offline. Também facilita a segurança, pois é emitido de forma consistente, evitando assim diversas fraudes e crimes.

O novo RG também servirá como documento de viagem pelos países do Mercosul, pois o novo documento seguirá o padrão internacional com o código MRZ (Machine Readable Zone). No entanto, outras áreas fora do Mercosul ainda exigirão passaporte.

Como emitir o novo RG

O novo RG digital será emitido pelas Secretarias de Segurança Pública de cada estado, de forma gratuita a toda população.

O Estado de Minas Gerais deverá iniciar a emissão do Novo RG ainda este ano, já os demais estados tem até o dia 3 de março de 2023 para dar inicio as mudanças no documento.

O processo para emissão do RG Digital deve seguir os seguintes passos:

1: Cadastramento e inserção das impressões digitais dos cidadãos na Base de Dados de Identificação Civil Nacional.

2: Após ter suas digitais recolhidas, cada cidadão deverá baixar o aplicativo DNI (Documento Nacional de Identidade) – o aplicativo ainda não está disponível – , e realizar um pré-cadastrado.

3: Após esses passos, será necessário um atendimento presencial ou virtual junto a Secretaria de Segurança Pública do estado emissor do novo RG.

Quais são as vantagens do RG Digital? 

Várias informações poderão ser reunidas na nova documentação, como:

  • Maior segurança contra a falsificação da carteira de identidade;
  • Poderão constar, ainda, indicativos para pessoas com necessidades especiais e o Código Internacional de Doenças (CID).
  • Possibilidade da declaração múltipla de filiação;
  • Assinatura e impressão digital do polegar direito;
  • Auxiliará na identificação do cidadão para a concessão de benefícios sociais e adesão a programas federais;
  • Informações sobre o grupo sanguíneo e fator RH, além da disposição de doar órgãos em caso de morte
  • Nome, filiação, sexo, nacionalidade e local e data de nascimento do cidadão;

Observe que todas as informações adicionais são opcionais. Assim, cabe ao cidadão decidir se inclui ou não os registros complementares.

novo RG

Qual a diferença entre o novo RG e o antigo RG?

Com a nova carteira, o número de identificação será único e a autenticidade poderá ser verificada por QR code. Na prática, apenas o CPF é considerado. No modelo atual, cada estado brasileiro atribui seu próprio número de identificação, se necessário, por exemplo, para uma nova atribuição em outro estado, a pessoa recebe um novo número.

Sou obrigado a fazer o Novo RG?

O novo RG será o único documento de identidade dos brasileiros. Mas se você ficar com o modelo atual, você não terá problemas. Permanece válido por até 10 anos para a população até 60 anos de idade. Para pessoas com mais de 60 anos, o documento é válido por tempo indeterminado.

O RG Digital tem validade?

O novo registo geral terá os seguintes prazos de validade: pessoas entre 0 e 12 anos, validade 5 anos; de 12 a 60 anos incompletos, validade de 10 anos; e validade ilimitada a partir dos 60 anos.

Leave a Comment