Conheça quais programas usam o Cadastro Único

Para que o governo brasileiro possa realizar uma alocação mais inteligente dos seus recursos as famílias que realmente precisam deste auxilio, ele faz o uso do Cadastro Único.

Sendo assim, é de grande Importância que o cidadão que pretende ser beneficiário de algum programa social tenha as suas informações neste cadastro.

>>> Não deixe de conhecer melhor o cadastro único e continue acompanhando os próximos tópicos deste post.

O que é Cadastro Único?

O Cadastro Único, ou simplesmente CadÚnico, é uma base de dados usada para registrar as informações das famílias brasileiras. Esses dados permitem com que programas sociais como o Bolsa família possam identificar as famílias em situação de pobreza e seguir com o fornecimento do beneficio.

Essa ferramenta foi primeiramente concebida em 2001 pelo Decreto 9364 da presidência da República, sendo que mais recentemente em 2008, ele foi atualizado pela Portaria 376.

Para tornar a obtenção de informações mais confiável, esta base de dados envolve a esfera federal, estadual e municipal. Sendo que entre esses níveis, o município é que realiza o cadastro das informações, bem como oferecer atendimento presencial as famílias.

Benefícios que usam o Cadastro Único

Devido as informações valiosas que o cadastro único apresenta, ele é usado por muitos programas sociais para o apuramento das famílias/pessoas que realmente merecem o auxílio.

Sendo que na lista dos programas sociais que usam as informações deste banco de dados estão os seguintes:

  • Bolsa Família
  • Programa Brasil Carinhoso
  • Programa de Cisternas
  • Telefone Popular
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Carta Social
  • Pro Jovem Adolescente
  • Passe Livre para pessoas com deficiência
  • Tarifa Social de Energia Elétrica
  • Programa Minha Casa, Minha Vida
  • Entre outros.

Considerado os programas sociais citados anteriormente, é preciso que o cidadão ou família que pretende fazer parte dos mesmos, tenha os seus dados cadastrados no Cadastro Único.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *