Como emitir guia de contribuição ao INSS pela internet

Com o avanço da tecnologia, serviços que antes eram feitos somente à mão passaram a ser realizados também pela internet. A Guia da Previdência Social (GPS) foi um deles. O contribuinte pode emitir a GPS pela internet, pagar por bankline, além de poder deixar programado o débito em conta corrente para o ano todo.

Veja os passos necessários para emitir sua guia do INSS através do portal da previdência Social:

Passo 1:

Acesse ao site do Cálculo de Contribuições.

Escolha a categoria (Contribuinte individual, Doméstico, Empresário, Facultativo ou Segurado Especial), escreva o seu NIT (Número de Inscrição do Trabalhador), escreva o código da figura e clique em confirmar.

Passo 2

Em seguida, vai aparecer uma tela com os seus dados. Confirme os dados. (em breve iremos publicar como corrigir dados pela internet).

Passo 3

Colocar no mês de competência, o mês anterior. Por exemplo: se hoje fosse 15/04/15, o mês de competência seria 03/2015. O salário de contribuição é o valor sobre o qual você quer recolher, que pode variar entre o piso (valor do salário mínimo R$880,00) e o teto do INSS (R$5.189,82).

Lembramos que esses valores são alterados todo ano no início de janeiro. Escolha o código de pagamento. Ressaltamos que a data de pagamento deve ser 15 de cada mês. Se pagar atrasado, haverá multa e juros.

Passo 4

Na tela seguinte vai aparecer a guia. Clique em “gerar GPS” e pronto! Basta imprimir o documento gerado.

No Internet Bank e caixas eletrônicos

Caso o contribuinte queira recolher suas contribuições por meio dos caixas automáticos ou pelo Internet Bank não precisa ter a guia emitida (o mundo agradece a economia de papel) basta digitar os dados necessários e recolher normalmente. A guia só é exigida para quem vai recolher nos caixas dos bancos ou nas casas lotéricas.

Débito em conta corrente programado

Para o contribuinte que almeja não ter dor de cabeça durante todo o ano, também é possível programar para ser descontado todo o mês o valor da contribuição. É necessário que o segurado mantenha saldo positivo no dia previsto para o pagamento.

O segurado pode programar o pagamento para todo o ano, iniciando em janeiro, quando sai o valor do novo salário-mínimo, e indo até dezembro. Este serviço é feito no próprio banco onde o contribuinte tenha conta.

2 thoughts on “Como emitir guia de contribuição ao INSS pela internet

    1. pelo 135 dizem que pagamentos em atraso nao computa para a carencia.
      liguei 3 vezes na opção 9, e consultores insistem …! exemplifiquei: SE UM CONTRIBUINTE INDIVIDUAL PAROU DE PAGAR EM MAR/2019, E QUER PAGAR OS MESES ABRIL, MAIO, JUNHO E JULHO … NAO ADIANTA PAGAR OS ARASADOS … PORQUE SEGUNDO O 135 NÃO COMPUTA PARA COMPLETAR ESSES MESES QUE FALTAM PARA 180 MESES.
      Alguem diz alguma coisa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *